WhatsApp Image 2021-06-12 at 21.10.45 (1

Livros:

Horizontes Indigenistas

(Vol. I e Vol. II)

de Sandoval Amparo

Lançamento: 23/06/2021 às 17h

YouTube: AGB Xingu-Araguaia

Colaboração nesse website: GILBERTO PESSANHA RIBEIRO.

 
2 livros.jpg

Sobre

"As obras Horizontes Indigenistas I – Questão Indígena e Ordenamento Territorial no Brasil (2007-2015) e Horizontes Indigenistas II – Desordem e Precarização Territorial reúnem reflexões do autor sobre a questão indígena no Brasil, publicadas em revistas especializadas nas áreas de Geografia, Planejamento Urbano e Regional Educação e Arquitetura e Urbanismo, ao longo de cada um dos períodos abrangidos, alcançando grande repercussão entre os pesquisadores da área.

O recorte adotado para cada uma delas, no entanto, não corresponde a uma simples delimitação temporal, mas remete à própria abordagem proposta abordada em cada obra.

Este primeiro volume contém textos escritos e publicados entre 2007 a 2014 – período no qual o autor atuou como geógrafo da Fundação Nacional do Índio -, e registra seu esforço de analisar uma temática cara e praticamente relegada pelos geógrafos à antropologia ao longo de todo o século XX.

O livro contém ainda 2 apêndices , incluindo a resenha do livro “De longe toda serra é azul”, de Fernando Schiavini, e a crônica inédita “Sobre Xavantes e Cidades”. Em conjunto as obras não apenas indicam horizontes e pesquisa teórica para os geógrafos que atuam junto aos povos indígenas, como – e principalmente – apontam para a necessidade do compromisso ético e do engajamento político em defesa dos direitos indígenas – especialmente territoriais – diante de um contexto de precarização, conflito e desordem que se instalou em seus mundo de vida.

Público-Alvo:
As obras Horizontes Indigenistas I e II são voltadas para estudantes e pesquisadores de graduação e pós-graduação em ciências humanas e sociais, bem como para aqueles que atuam na área de planejamento e gestão territorial e ambiental. Maios recentemente diversos advogados, defensores públicos e procuradores tem buscado nas ideias e argumentos aqui apresentados os fundamentos para sua atuação em defesa dos direitos indígenas, sobretudo os direitos territoriais."

Livros

Horizontes Indigenistas

Vol. I e Vol. II

Locais para aquisição:

👉🏾www.amazon.com.br

👉🏾bio.uiclap.com/sandoval

 
 
 
 
 
WhatsApp Image 2021-06-12 at 21.10.45.jp

Horizontes Indigenistas

Vol. I e Vol. II


Locais para aquisição:

👉🏾www.amazon.com.br
👉🏾bio.uiclap.com/sandoval

 
WhatsApp Image 2021-06-12 at 21.10.53 (1

Sandoval Amparo

Sandoval dos Santos Amparo é doutor em Geografia (2019), Linha de Pesquisa: Ordenamento Territorial Ambiental, Urbano e Territorial pelo Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal Fluminense. Mestre em Arquitetura e Urbanismo (2010), Linha de Pesquisa: Teoria, História e Crítica da Arquitetura e Urbanismo, pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília e bacharel e licenciado (2004) em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (2006). 
Foi geógrafo da FUNAI entre 2004 e 2015 e destacou-se tanto pelas atividades desenvolvidas junto com os indígenas, voltadas a conservação e valorização do patrimônio cultural e territorial, como também pela militância em defesa dos direitos indígenas.

É autor de um livro e de artigos publicados em revistas de alto impacto acadêmico, nas áreas de Educação, Geografia Humana, Arquitetura e Urbanismo e Antropologia, abordando as temáticas indígena e indigenista. Foi também colaboradorde três fascículos do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia.
Atualmente é Professor Auxiliar de Geografia Humana e Ensino de Geografia na Universidade do Estado do Pará – Campus Conceição do Araguaia, onde realiza pesquisas interdisciplinares com ênfase área de epistemologia e ontologia entre a ciência e os saberes ancestrais indígenas, a partir da crítica ameríndia às noções de organização espacial e ordenamento territorial.

É pesquisador do Grupo de Pesquisas Territorialização Camponesa na Amazônia e coordenador do Grupo de Estudos O Espaço Local no Ensino de Geografia e membro da Seção Local Xingu-Araguaia da AGB – Associação dos Geógrafos Brasileiros.
Além de geógrafo, é apaixonado por artes em geral, principalmente música e artes visuais. Toca vários instrumentos  de cordas, dentre eles o violão, que toca desde a infância, o cavaquinho e a viola caipira.

É compositor de canções que considera tão importantes quanto os textos que já escreve. Além disso, é pai do Josué e casado com a poetisa amazonense e professora de literatura Janayara Lima.

 

Entre em contato

Obrigado pelo envio!